Dor nas costas: como os maus hábitos nos exercícios físicos podem ser prejudiciais

Atividade física é sinônimo de saúde, afinal, para muita gente, se exercitar significa colocar o corpo em movimento e aproveitar os benefícios dessa prática recomendada. Entretanto, não tomar alguns cuidados básicos enquanto pratica sua atividade física favorita pode resultar em uma série de problemas, sendo a dor nas costas, o mais comum deles. O artigo de hoje trata de como maus hábitos durante a prática de atividades físicas podem trazer dores e desconfortos.

Maus hábitos durante a prática de atividades físicas que causam dor nas costas

No verão, por conta das altas temperaturas e período de férias, as pessoas tendem a se preocupar mais com a questão da estética corporal e aproveitam para praticar as mais variadas atividades esportivas.

No entanto, muitos começam a se exercitar sem nenhum tipo de orientação, não observam cuidados básicos e, muitas vezes provocam lesões. Os principais hábitos que causam lesões e desconfortos na coluna de esportistas amadores são:

  • Escolha da atividade inadequada;

  • Má postura durante a execução do exercício;

  • Falta de alongamento;

  • Execução de movimentos além dos limites e uso de pesos inadequados.

Escolha uma atividade física adequada


Existem pessoas que optam por praticar atividades físicas e estão acima do peso. Para quem se encontra com sobrepeso, algumas atividades podem forçar articulações dos membros inferiores, sobrecarregar a coluna e causar uma série de problemas.

Corrida e crossfit, por exemplo, são desaconselhados para quem está acima do peso, por conta do alto impacto articular. Sendo a natação e o ciclismo atividades mais adequadas a esse grupo populacional.


Má postura durante a execução dos exercícios


Além da má postura no dia a dia, manter uma posição corporal inadequada durante a realização dos movimentos é um dos hábitos que mais causam traumas e consequentes dores nas costas.

Falta de aquecimento prévio


O aquecimento antes da atividade física é muito recomendado como medida protetiva capaz de manter a saúde de músculos e articulações, mas infelizmente é deixada de lado por muita gente. Não se aquecer antes das atividades físicas aumenta o risco de lesões como distensões, estiramentos e até rompimentos, além da dor e do desconforto no dia seguinte, é claro! Também é importante separar um momento do dia (que não seja nem pré, nem pós exercício) para realizar uma série de alongamentos. Se você já costuma se alongar antes ou depois do exercício, tudo bem. Só não esqueça do aquecimento antes de começar sua atividade física!

Execução de movimentos além do limite e uso de pesos inadequados


Realizar movimentos de maneira errônea e usar cargas superiores às quais o corpo pode suportar são os piores hábitos que muita gente possui e que podem resultar em lesões graves, como rompimento de tendões ou ligamentos, estiramentos e dores nas costas.

Treinar em demasia ou com dor não é uma boa ideia


O velho ditado de que “menos é mais” faz todo sentindo quando se fala de saúde da coluna. Treinar de maneira demasiada pode trazer lesões e outros problemas de relacionados.

É importante ressaltar que não se deve suspender o treino totalmente, a não ser em quadros de dor muito aguda. Orientamos diminuir a intensidade e que a atividade seja realizada com orientação. A prática regular e supervisionada fortalece a região afetada e previne o agravamento do quadro.

Dependendo do grau de lombalgia, a atividade física inadequada e sem orientação pode potencializar um problema pré-existente e exigir medidas drásticas em um futuro próximo, por isso, é importante não treinar excessivamente e evitar algumas atividades enquanto estiver sentindo dor, principalmente aquelas com rotação excessiva de tronco e impacto envolvido.

Acompanhamento profissional é importante


Sempre que for iniciar determinada prática esportiva é importante contar com um profissional capacitado, pois somente ele será capaz de instruir de maneira adequada como executar os movimentos de forma a proteger a sua coluna.

Além disso, quando sentir qualquer tipo de dor na coluna, ainda que perdure por um curto período de tempo, você deve buscar ajuda profissional.


A Fisioresolut conta com profissionais capacitados em saúde da coluna, aptos no diagnóstico e indicação dos mais variados tipos de tratamento para dor nas costas.

Quando o assunto é saúde da coluna, a Fisioresolut é a sua escolha.

Estamos na Vila Leopoldina

Av. Queiroz Filho, 1700, Torre E,

Sala 713, São Paulo - SP

(11) 2619-8007 ou (11) 96460-2287